Sigo de volta!

Pensamento do dia

"Para quem pensa, sente, logo: Existe!"

domingo, 15 de dezembro de 2013

O silêncio das palavras...

Se as palavras dissessem tudo, eu diria tudo, mas elas não dizem quase nada, apenas distraem a imaginação do silêncio que expressa em face traduz o pensar.  O silêncio exala todas as palavras não ditas,  afaga as palavras dispersas, traduz  muitos significados, nos deixa com o coração na mão, e a alma sempre inquieta querendo falar. 

domingo, 8 de dezembro de 2013

Desejo...

Um desejo reprimido é como uma pedra nos rins, enquanto não for colocado para fora, a dor sempre irá persistir.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

"Quem ama cuida."

A construção do meu melhor, para além do egoísmo, nasce da responsabilidade que tenho sobre o outro. Essa responsabilidade eu chamo de amor. Para que eu possa encontrar a luz do meu eu apagado e desconhecido, é preciso que eu ajude a alguém encontrar sua luz também. "Quem ama cuida". Deveras, amar é essencialmente cuidar.

Sobre o amor...
















É sobre o amor... Sempre sobre o amor... Então, falo o que entendendo o que seja amor. O que interpreto sobre o amor. Amo e desamo sem saber ao certo se isso está errado ou certo, com medo de não ser amor. Sempre há perspectiva de receber o mesmo amor, de experimentar da sua reciprocidade. Acredito que cada momento, cada pequeno detalhe no percusso da vida podemos experimentar uma gota significativa do tão falado amor. Para tanto, é preciso percebê-lo, não apenas falar sobre ele,  mas permitir que ele aja sobre nós. Como? Amando.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Vida

Quando olho para as árvores e vejo seus galhos balançarem com a força do vento e as folhas caírem numa determinada estação, sinto-me instigado a pensar...  Quando olho para o céu e vejo as nuvens vagando num movimento infinito, e em múltiplas formas mostrando beleza aos meus olhos nus, meus pensamentos seguem além do que vejo e começo a questionar... Há tanta vida debaixo desse céu azul... Será que há um tanto dela lá fora também?...

A vida e seus paradigmas infindáveis é o que mais me causa intriga, isso é inquietante. Não sei ao certo o que há por trás dos seus mistérios. O fato é que não sei nem o que de fato ela é. Suponho que ela seja uma manifestação espontânea de criatividade que vive e faz viver, e no "fim" deixa de existir. Talvez ela seja apenas uma sensação ilusória, assim como as nuvens brancas que hora estão brancas, hora estão negras (a depender da proximidade de gotículas que as formam). Prefiro a primeira opção, haja vista que por trás dessa significância universal a qual chamamos de ‘vida’, se esconde um universo paralelo de significados ainda desconhecidos por nós. 

Mas, independentemente de conceitos criados a respeito dela, sua importância está no que fazemos com ela, no momento presente, se o que fazemos está sendo positivo ou não para o nosso viver. Isso certamente é movido pela ‘consciência’ (ainda em processo de construção) e suas conflitantes funções. Mas eu não sou o dono da verdade, essa ainda não é absoluta. Meus pensamentos estão nas nuvens, mas os pés continuam no chão.

sábado, 2 de novembro de 2013

Procuremos o equilíbrio!

No mais profundo íntimo do ‘eu’ há um impulso que clama por 'liberdade'. Um desejo insaciável de querer romper o impossível. Uma confusa mistura entre 'bondade', 'maldade' e “livre arbítrio”, tudo isso dentro do 'ego'. Por vezes os desejos revelam-se incontroláveis em algumas ações, quando isso acontece, os 'egos' se chocam, os conflitos se multiplicam, e a verdadeira liberdade nunca é alcançada.

Procuremos o equilíbrio!


terça-feira, 22 de outubro de 2013

A vida não é ilusão

A vida não é ilusão,
Então, não espere tanto,
Um tempo pra tudo,
Uma vida pra tudo,
Um dia pra tanto,
Um só segundo,
Não espere tanto,
Não espere tudo,
Viva, ame...
A vida não é ilusão, 
É ação, em tudo!

Um dia "morrer"!

Nascer...
Respirar...
Perceber...
Falar... 
Caminhar... 
Comer...
Beber 
Um dia "morrer"!

Mãos sem paz

As mãos que constroem o futuro do mundo,
Não tem paz...
Não tem tempo,
Nem sentido,
Não tem bom senso,
Não tem juízo,
Nem coração,
Não tem noção,
Do que faz...
Nesse futuro criado com as mãos!

Quando chega o sono...

Sexo acaba, 
Tal qual se apaga,
Quando chega o sono.

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...